terça-feira, 8 de janeiro de 2013

COMO OCUPAR O TEMPO

Oi gente!
Árvore de Natal e Presépio 2012 (enfeite da minha mãe)
Meu quadro ao fundo.

Cada pessoa que faz hemodiálise sente de uma forma diferente as reações que o tratamento impõe.
Umas sentem-se cansadas e tem hipotensões (tenções baixas) e outras passam mal porque tem hipertensões (tensões altas).
Isso são as reações físicas.
Mas existem também as reações psicológicas e com essas também devemos nos preocupar.
Há dias em que estamos extremamente irritadas, sem paciência e que nem ler um livro nos dá vontade.
Por vezes gostamos de escrever, pintar, ouvir música e inventar qualquer coisa para fazer.

Eu, por exemplo me distraio inventando receitas, pois adoro culinária.... vocês já perceberam isso no meu blog, mas claro que mudo alguns ingredientes para que possamos comê-las.
Girassóis - 2008 - A Fotógrafa é muito boa, sai tudo de lado.....kkkkkkkkkkkkkkkk
Mas também gosto de pintar, se bem que faz mais de 1 ano que não pinto.
Quadro de Madeira - Ruas de Olinda - 2005
Deixei de pintar por conta dos cateteres que fui colocando ao longo do tratamento e por eles incomodarem, fui deixando a pintura de lado.
Mas eu pintava bem....kkkkkkkkkkk (que modéstia).

Ler, também gosto muito.

O que quero dizer é que temos que ocupar o nosso tempo com qualquer coisa que nos dê vontade e prazer.
Ao longo dos meus posts, vou colocar sugestões para que cada pessoa possa fazer e quem sabe desenvolver uma atividade que lhe possa render algum trocado e assim sempre vai ocupando seu tempo.
Flores - 2008
"Quando a cabeça não pensa, o corpo padece".

Quem não achar graça nessas coisas e tiver com a cabeça mais complicada, deverá pedir ajuda psicológica (ninguém será chamado de "doido ou doida", por isso.
Por vezes desabafar com um profissional nos ajudará a ultrapassar os "macaquinhos" que se escondem no nosso "sotão", no escondidinho de nosso cérebro, da nossa cabecinha confusa.
O que quero exprimir é que a arte está em cada um de nós, de uma maneira ou de outra sabemos fazer alguma coisa. Se é feio ou bonito, só a nós nos importa. Importa fazermos algo de que gostamos para nos sentirmos bem, há quem goste ainda de informática, como eu também gosto.
A jardinagem também é uma arte, cuidar de uma planta, de uma flor, de um jardim há que ter habilidade e sensibilidade.
Mãos à obra gente e vamos fazer um 2013 diferente, vamos nos ajudar para ajudar a nossa família, a nossa contabilidade e quem sabe poderemos nos transformar em empreendedoras das artes. Pensem nisso, sucesso e coragem para todos!

Um Abraço,
Ana Beatriz

Um comentário:

  1. Belíssimas pinturas Amiga.
    Já que não está pintando, o que tem lido no momento?
    Bjocas e Parabéns pelo blog......Excelente iniciativa

    ResponderExcluir